GEORGE ROMERO (R.I.P.)


O cineasta George Andrew Romero, vulgo George Romero, pai de criação dos zumbis modernos, hoje tão presentes no cinema e na televisão pelo mundo à fora, e também criador da franquia de uma das franquias clássicas do gênero de terror de "Noite dos Mortos-Vivos", morreu aos 77 anos de idade, segundo uma informação vinda de sua própria família e amigo.

Romero faleceu hoje (domingo, 16) enquanto dormia, após uma "breve, porém agressiva batalha contra um câncer de pulmão", de acordo com uma declaração fornecida ao The Times, por seu parceiro produtor de longa data, Peter Grunwald.

Romero faleceu enquanto ouviu a trilha sonora de um de seus filmes favoritos, "Depois do Vendaval" (The Quiet Man) de 1952, com sua esposa, Suzanne Desrocher Romero, e sua filha, Tina Romero, ambas ao seu lado, foi o que disse a família ao veículo de informação.

George Romero foi um dos grandes mestres do gênero de Terror no cinema. Revolucionário, em criações praticamente experimentais para a época, desde a o começo da década de 60, se manteve na ativa até muito pouco tempo atrás, trazendo diversas realizações, sempre tentando criar algo novo.


Sempre será responsável por influenciar toda uma geração de cineastas e cinéfilos ao gênero, e também pela criação de algumas das coisas mais legais no gênero como foi o caso de "Creepshow - Show de Horrores" — onde esteve ao lado de Stephen King e Richard P. Rubinstein, e posteriormente, "Dois Olhos Satânicos" (1990), com o também lendário, Dario Argento.

Fonte: LA Times.

Comentários